Metrô FM Juína 87.9 - Tá na Metrô, Tá Bom de Mais!
Metrô FM Juína 87.9 - Tá na Metrô, Tá Bom de Mais!

Coluna/Opinião

A indicação de Flavio Dino mostra que nossas instituições sempre podem piorar. - Vicente Lino.

Data: Quarta-feira, 29/11/2023 13:58

Chegamos a imaginar que as coisas não poderiam mais piorar, que o mínimo de respeito seria demonstrado e que alguma decência seria exibida, pelos donos do poder. Estávamos enganados. Lula acaba de indicar, ninguém menos, que o ministro Flavio Dino para o STF. Leio na Agência Brasil que ministros do STF elogiaram a catastrófica indicação. Flavio Dino, depois de dar de ombros para o Congresso faltando ás convocações e debochando de parlamentares afirmou que doravante irá dialogar em busca do honroso apoio dos colegas senadores e senadoras. Depois vieram os afagos de sempre. Luís Roberto Barroso disse que ele tem todas as qualificações para exercer o cargo e vai agregar muito valor ao Supremo. E que foi uma escolha muito feliz do presidente da República. Alexandre de Moraes disse que, Flavio Dino, uma vez aprovado pelo Senado Federal, contribuirá para o fortalecimento de nosso Estado Democrático de Direito.

E Cristiano Zanin afirmou que Flavio Dino contribuirá sobremaneira aos debates dos mais relevantes temas constitucionais no plenário da Suprema Corte. É onde estamos e não estamos nada bem. A esperança é que os Senadores, tão maltratados por Flavio Dino, desaprovem a indicação e nos livrem de mais esse pesadelo. Afinal, ele precisará passar pela CCJ e, depois, vai precisar de, no mínimo 41 votos no plenário do senado. Há alguma esperança. O Senador, Carlos Portinho disse que fará oposição e que o governo perdeu o que restava de pudor. O Senador Rogerio Marinho afirmou que a indicação de Flavio Dino é um ato de jogar lenha na fogueira, e que o nome indicado não representa a imparcialidade necessária para uma instituição que deve ser o bastião da Justiça e Constituição. Além do que a decisão politiza e diminui o STF. Como se vê continuamos piorando.

Vicente Lino.

A indicação de Flavio Dino mostra que nossas instituições sempre podem piorar. - Vicente Lino.