Ouça agora na Rádio

N Notícia

Prefeito rebate vereador sobre críticas ao carnaval.

FOTO: Juína News

Prefeito rebate vereador sobre críticas ao carnaval.

Uma polêmica foi levantada pelo vereador Aélcio Moreira (Neguinho da Borracharia) onde o mesmo se posicionou contra os gastos de dinheiro público para organização do carnaval popular, e sugeriu que os quase trezentos mil reais fossem empenhados para resolver problemas da saúde que segundo o parlamentar está em estado caótico na cidade de Juína.

Em respostas ao posicionamento do vereador, o prefeito municipal Altir Peruzzo convocou os órgãos de imprensas para dar a versão do executivo.

Segundo o prefeito Altir Peruzzo, as afirmações do parlamentar Aélcio Moreira não são verídicas, pois o custo para a realização do carnaval de Rua de Juína poderá chegar no máximo em cento e cinquenta mil reais. Até agora foram gastos um pouco mais de 121 mil reais.

Altir chamou o posicionando do vereador de hipocrisia, uma vez que os recursos que serão gastos foram aprovados pelos vereadores, e que se o vereador quisesse discutir que o faria na hora em que o projeto foi colocado em pauta para votação, e não depois que já foi sancionado e empenhado e destinado para as ações as quais foram votadas e tiveram aprovação dos vereadores.

Altir disse que o vereador precisa ser realista com os valores empenhados, onde o chefe do executivo tem em mãos a planilha de custos que já foram empenhados, onde até o momento gastou-se cerca de R$ 121.000 reais e que até o final do evento o máximo que poderá ser gasto será um valor de R$ 150.000.

O prefeito Altir ressaltou que o carnaval é um evento popular e cultural do calendário brasileiro, um com certeza vai lotar o centro de eventos, sendo essa uma forma de oferecer lazer e entretenimento barato a comunidade.

Ele ainda ressaltou que as festas realizadas na cidade de Juína sempre se apresentam com uma temática diferenciada, e no carnaval não será diferente, onde temas serão abordados a fim de se mostrar valores nas questões dos negros, aberturas de conhecimentos, estreitamento de relações, tolerância e respeito à diversidade cultural e sexual como também a diversidade de opiniões e orientações religiosas trabalhando dessa forma o direito de cada um ser como bem quiser e bem entender.

O prefeito considerou um gasto pequeno os valores destinados ao carnaval, onde na saúde de gasta em média de R$ 120.000 reais por dia, o que o valor gasto no carnaval não faria diferença na saúde.

Na entrevista do vereador Aélcio Moreira, o mesmo ressaltou que os médicos especialistas em ortopedia estão com salários atrasados, porém o prefeito Altir afirmou que os salários dos médicos estão em dia, e que a situação dos médicos ortopedistas se enquadra em uma conta vinculada do estado e que os atrasos aconteceram por falta de repasse do estado. E no que se diz ao município a folha de pagamento está em dia, e que poderão usar sim os recursos destinados ao evento do carnaval sem que nenhum órgão seja afetado.

Após o prefeito Altir Peruzzo afirmar que os gastos do carnaval popular chegaria ao máximo aos 150 mil reais diferente do que disse o vereador Aélcio Moreira de 300 mil reais, procuramos o parlamentar, que disse que irá provar nesta quarta-feira através de documentos que o carnaval realizado pela prefeitura municipal vai custar 300 mil reais ou mais.

FONTE: Juína News
Link Notícia