Ouça agora na Rádio

N Notícia

O CHEFE DO CARTÓRIO DA 35º ZONA ELEITORAL FALA SOBRE AS ELEIÇÕES 2018

FOTO: TONY

O CHEFE DO CARTÓRIO DA 35º ZONA ELEITORAL FALA SOBRE AS ELEIÇÕES 2018

Este ano terá mudança na ordem de votação e não será aplicada a Lei Seca aos comércios dos Municípios de Juína e Castanheira.

 CHEFE DO CARTÓRIO DA 35º ZONA ELEITORAL FALA SOBRE AS ELEIÇÕES 2018

O chefe do Cartório Eleitoral, Valdomiro Ormond, disse que o voto é a única forma do eleitor expressar a sua vontade frente ao cenário político atual, somente através do voto o eleitor pode ter a consciência de que cumpriu com a sua parte na política do país. Somente através do voto o cidadão “vai poder ter a plena consciência sua, individual, da sua participação de mudança ou não da situação política do Brasil”.

Nesta eleição houveram mudanças quanto a ordem da votação, primeiro o eleitor dará o seu voto para o Deputado Federal, após para o Deputado Estadual, posteriormente virão o 1º e 2º Senador consecutivamente, depois o eleitor escolherá o Governador e finalmente dará seu para Presidente da República.

Este ano também não será aplicada a Lei Seca nos comércios dos municípios de Juína e Castanheira, conforme Valdomiro Ormond, o Juiz da Comarca de Juína compreendeu que não será necessária a aplicação da lei que proíbe a comercialização de bebidas alcoólicas, pois estamos em outras tempos e hoje a população está mais consciente de seus atos, “esse é um sinal de confiança na sociedade”, frisou o Chefe do Cartório Eleitoral.

Haverá uma logística organizada para o transporte dos eleitores que votam nos distritos rurais, os ônibus deverão contemplar linhas localizadas em pontos estratégicos como forma de atender um maior número de cidadãos. Lembrando que a justificativa do voto só é válida para cidadãos que estão fora da sua zona de votação, ou seja, que votem em outros municípios. Cidadãos que moram em Juína e votam em distritos como Filadélfia ou Terra Roxa, por exemplo, não possuem o direito de justificar seu voto, o eleitor precisa votar, pois está dentro da sua zona eleitoral.

Ainda segundo o chefe do Cartório Eleitoral há um planejamento logístico construído pelo Núcleo de Segurança Pública, composto pelo Juiz Eleitoral, Ministério Público Eleitoral, Polícia Civil e Polícia Militar, para fiscalizar e punir a ação ludibriosa da “boca de urna”.

Valdomiro Ormond, chama os cidadãos para exercer a sua cidadania através do voto “as pessoas tem o dever de participar da política e uma forma disso é pelo voto. Os eleitores que possam estar inconformados ou conformados com a situação política do Brasil, a forma dele se expressar, de fazer voz, é pelo voto, então a gente pede para as pessoas comparecerem no dia e exercer o seu direito político através do voto”!

FONTE: TONY CARLOS
Link Notícia