Ouça agora na Rádio

N Notícia

Produtores rurais juinenses devem ficar atentos quanto a perca da aposentadoria

FOTO: Internet

Produtores rurais juinenses devem ficar atentos quanto a perca da aposentadoria

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juína, a medida provisória elaborada pelo governo Bolsonaro tem o objetivo de cortar a aposentadoria do pequeno produtor e enfraquecer o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

A  Análise de Benefícios com Indícios de Irregularidade e a Revisão de Benefícios por Incapacidade a serem promovidas pelo governo, vão prejudicar os produtores rurais que conseguiram se aposentar nos últimos 10 anos.

A medida provisória 871, assinada em 18 de janeiro de 2019, já em vigor, foi editada com fins de combater fraudes no sistema previdenciário, estabelecendo novas regras na concessão de benefícios e revisão daqueles com suspeitas de irregularidades. Porém apresenta prazos curtos e condições inviáveis para a concessão e a manutenção de direitos dos agricultores e agricultoras familiares.

Sob o pretexto de passar um "pente-fino" no INSS e de combater fraudes milionárias, a MP 871, ameaça a aposentadoria e demais benefícios dos produtores rurais.

Segundo o presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Juína, Cicero Francelino, os trabalhadores rurais devem se unir para impedir a perca da previdência e outros direitos.

Abaixo o áudio do Advogado do sindicato dos trabalhadores rurais de Juína, Alan Jhones.

ÁUDIO:

FONTE: Metrô FM
Link Notícia