Ouça agora na Rádio

N Notícia

Coordenadora da Vigilância em saúde de Juína fala resultados do arrastão de combate ao Aedes Aegypti

FOTO: INTERNET

Coordenadora da Vigilância em saúde de Juína fala resultados do arrastão de combate ao Aedes Aegypti

A vigilância em saúde do município de Juína realizou nesta sexta-feira (14-12) um balanço preliminar do arrastão de combate ao Aedes Aegypti.

A ação foi iniciada após o aumento do numero de criadouros de larvas do mosquito Aedes Aegypti, em decorrência do inicio do período chuvoso e a falta de cuidado por parte da população com os quintais e recipientes passiveis de acumular água.

Segundo Agata Barbosa Lozano, a ação de combate ao mosquito e os seus criadores é realizada ao longo de todo ano, no entanto, neste período as ações são intensificadas.

Ao todo, 1700 residências estiveram recebendo a visita da equipe de combate a endemias, destas, em 200 foram encontrados criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Segundo Agata Lozano, a responsabilidade no combate ao mosquito é de todos e os proprietários que não cuidarem de seus quintais, possibilitando a proliferação do mosquito, podem estar recebendo multa, caso não cumpram as orientações dos agentes da vigilância em saúde.

Nesta sexta-feira (14-12), os agentes da vigilância em saúde estiveram realizando ação de panfletagem na praça do módulo 05.

FONTE: Maurilio Junior / Metro FM
Link Notícia