Ouça agora na Rádio

N Notícia

Play Store abrigava mais de 49 mil apps falsos, aponta pesquisa

FOTO: Tecmundo

Play Store abrigava mais de 49 mil apps falsos, aponta pesquisa

Informações Compartilhadas Tecmundo

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Sydney, Austrália, e do Data61 analisou por dois anos mais de um milhão de aplicativos Android presentes na Play Store e detectou um alto número de apps e jogos ilegítimos.

Os pesquisadores pontuam que foram encontradas 2.040 potenciais falsificações que abrigavam malware, 1.565 potenciais falsificações que pediam mais permissões do que o app original e 1.407 potenciais falsificações que continham bibliotecas de propaganda extras.

Entre os aplicativos mais falsificado estão os jogos Temple Run, Free Flow e Hill Climb Racing.

Aprendizado de máquina no combate à fraude

Os pesquisadores projetaram uma rede neural convolucional capaz de identificar similaridades entre os aplicativos disponíveis na Play Store, apontando opções tão parecidas que poderiam ser confundidas por um usuário desatento.

Depois de identificar um milhão destes apps, os responsáveis pela pesquisa fizeram o download dos arquivos APK e os categorizaram. No total, a tecnologia conseguiu encontrar 49.608 possíveis falsificações.

Cuidado redobrado

Hoje, cerca de 35% destes apps não estão mais disponíveis na Play Store. A Google tem usado o Google Play Protect como mais uma etapa de verificação dos aplicativos para Android. A empresa se mostra preocupada em gerenciar melhor sua loja virtual, a fim de diminuir a incidência de apps malignos.

A dica, portanto, é ficar de olho nos comentários e nas permissões pedidas nos aplicativos da Play Store para não acabar baixando uma falsificação perigosa.

FONTE: Tecmundo
Link Notícia