Ouça agora na Rádio

N Notícia

Sérgio Moro: 'policial não pode ser tratado como homicida'

FOTO: Divulgação / Wikimedia Commons

Sérgio Moro: 'policial não pode ser tratado como homicida'

O ministro da Justiça Sérgio Moro comentou o novo pacote anticrime e anticorrupção nesta quarta-feira (6) após reunião com parlamentares na Câmara dos Deputados.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

Sérgio Moro declarou, em particular, que "ninguém" deseja a morte de criminosos, mas, em caso de algum incidente, "os policiais não podem ser tratados como homicidas".

"Ninguém deseja a morte de criminoso, o criminoso tem que responder segundo a lei. Mas, se um incidente infeliz acontecer, o policial não pode ser tratado como homicida", afirmou.

O ministro da Justiça negou que o projeto preveja "licença para matar". De acordo com ele, tal avaliação é "uma leitura absolutamente equivocada que não é consistente" com o texto. 

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, apresentou na última segunda-feira um pacote de medidas de combate à corrupção e ao crime organizado no Brasil. As alterações em 14 leis federais nas áreas penal, processual penal e de combate à violência passa por temas polêmicos, como a redução de pena de policiais acusados de cometer excessos numa determinada ação, ou a prisão de condenados pelo tribunal do júri antes mesmo da análise da segunda instância.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia